Escola Estadual Dermeval Moura de Almeida

LEMBRANÇAS


        O mundo moderno assiste a maior das revoluções que jamais envolveu o homem a luta que a maioria da sociedade humana trava em busca de melhores condições materiais de existência. Sabemos que isto só será conseguido através da educação. Rio Preto pode se orgulhar de possuir um grande templo do saber, a escola imponente que no passado atraía centenas de estudantes de todos os municípios vizinhos, oferecendo cursos diversos, com diplomas que possibilitava todos entrarem no mercado de trabalho. Por aqui, passaram: mestres, recrutados entre intelectuais de elevado porte, que guiavam os passos de tantos destinos educacionais, assegurando um alto nível de ensino. Saudosa escola, daquele tempo de normalistas, que se acotovelavam nos corredores. Com suas saias azuis as ‘jovens estudantes", cheias de sonho representavam a conquista de um ideal em que a mulher passa a freqüentar os bancos escolares e traçar um caminho próprio para sua vida.
Uma escola cheia de histórias guardadas no coração de cada estudante que por aqui passou.
O cenário hoje mudou muito, mas a escola continua aqui, a mesma de tantos anos. Agora salas vazias por imposições legais, mas agigantadas pela ação de ainda oferecer educação de qualidade. Mestres jovens e entusiastas circulam pelos longos corredores, suas palavras cheias de sabedoria levam o saber aos alunos ávidos de conhecimento que se preparam para um futuro maior. Aqui, ainda hoje, a Escola Estadual "Dermeval Moura de Almeida", exerce bem o seu papel, comprometida com o desenvolvimento integral do aluno, seu preparo para o exercício da cidadania e para o trabalho. Nos bancos desta escola, ainda permanece viva a lembrança de cada estudante que iniciou aqui uma história de vida.
Hoje, freia a saudade no coração de ex-estudantes que sempre vão agradecer pelas lições que hoje ainda podem recordar.

Virgínia Almeida Ferreira

Voltar