Vereadores de Rio Preto

 

Vereador Paulo Vitor Negri Silva

1- O que o vereador acredita que possa ser feito para aumentar a renda e a geração de empregos em Rio Preto?

Resposta:

Penso que a principal opção para a geração de empregos e aumento da renda dos cidadãos, seja o desenvolvimento do turismo em nosso município e região. O poder público deve promover e incentivar todas as iniciativas nesse sentido. A busca de parcerias com o setor privado, que já vem investindo principalmente na construção de pousadas, e também com outros municípios, é vital para o crescimento deste setor em nossa cidade. A formação de profissionais através de cursos e palestras também é uma iniciativa que muito pode auxiliar no desenvolvimento da atividade. O Município deve manter as estradas em condições adequadas ao trânsito de automóveis, principalmente no período das chuvas que é o período de maior circulação de turistas. Outra ação que pode auxiliar e melhorar a qualidade de vida dos moradores de nossa cidade é o incentivo, principalmente fiscal, para a instalação de pequenas empresas. Aliás, a compra do terreno para este fim, pelo governo anterior foi uma atitude bastante oportuna. Por fim, vale destacar, que é preciso apoiar os produtores rurais, objetivando uma melhoria na produtividade, com programas que promovam a aplicação de novas tecnologias e o incentivo na diversificação das atividades rurais.

 

2- O que o vereador acredita que possa ser feito para melhorar o meio ambiente em Rio Preto?

Resposta:

A melhor forma de preservação do meio ambiente é através da conscientização. O tema deve ser discutido por meio de simpósios, audiências públicas e outros, sobretudo neste momento em que uma nova legislação para o setor, está sendo discutida e elaborada na Câmara Federal. É necessário que se tenha conhecimento dos argumentos dos ambientalistas, mas também devem ser consideradas as condições para a sobrevivência e o crescimento dos pequenos produtores rurais. As escolas municipais também muito podem contribuir, possibilitando, aos alunos, uma educação voltada para preservação do meio ambiente em todos os seus aspectos.

 

3- Como o vereador avalia o desempenho da atual administração, quais foram os principais acertos e o que ainda falta fazer?

Resposta:

O governo que iniciou seus trabalhos em 2009, reestruturou completamente todo o setor administrativo da Prefeitura, organizando os setores de licitação e compras, melhorando ainda as condições de trabalho dos departamentos de contabilidade, de pessoal e de arrecadação. Também houve uma considerável melhoria e recuperação das máquinas e veículos utilizados na limpeza e conservação da vias de nosso município. Com relação aos servidores municipais, empossou todos os aprovados no concurso realizado pelo governo anterior. Colocou todos os salários rigorosamente em dia, inclusive as rescisões dos comissionados e contratados. Houve ainda uma organização em todas as Secretarias. Durante este período, buscou recursos, junto aos governos estadual e federal , para a realização das obras mais essenciais . Estas ações iniciais começam agora a gerar frutos para o Município com algumas obras já iniciadas, como o calçamento do Cavaco, calçamento e a construção da quadra de esportes do Bairro Vila Verde, a construção da farmácia popular, a melhoria de todas

as estradas municipais e outras mais. No entanto falta , na minha opinião, um planejamento mais apurado e a definição de ações, que possam criar condições para um efetivo desenvolvimento do Município.

4- O lema do vereador para se eleger foi “Ética”. O vereador acredita que a imunidade dada pela Constituição Federal aos vereadores, entre outros representantes, está acima da ética?

Resposta:

A ética e a moral devem orientar a conduta de qualquer ser humano, quanto mais daqueles que foram eleitos como representantes de outros cidadãos. A imunidade garantida pela constituição visa apenas impedir que o vereador possa ser punido no exercício de sua função. O vereador, nos termos da imunidade sabiamente estabelecida na Carta Magna , não poderá ser processado por tudo o que fizer ou disser no estrito exercício das funções a que se obriga por força desta mesma Constituição. O objetivo da imunidade, conferida aos parlamentares, é permitir que eles possam cumprir suas obrigações, tomando as decisões que se mostrarem necessárias, de forma que não se sintam intimidados. No entanto, não poderá o vereador fazer uso da referida imunidade para outro fim, que não seja o de representar os interesses de todos os cidadãos.

 

5- Como o vereador avalia a educação oferecida aos estudantes na atual administração, quais são seus acertos e o que falta fazer?

 

Resposta:

Considero, que a educação pública oferecida em nosso país está aquém do que necessitam nossos estudantes para que possam exercer a sua cidadania. O MEC diante desta realidade elaborou um projeto, para educação pública do Brasil, estabelecendo uma meta para ser alcançada 2020, segundo a qual os alunos brasileiros atingirão o nível de escolaridade dos alunos dos países desenvolvidos. De acordo com este programa, estabelecido um diagnóstico do Município, várias ações são propostas e, com a parceria do Governo Federal, recursos serão disponibilizados para que aconteçam as melhorias necessárias. Em 2009, a Secretaria de Educação estabeleceu algumas ações buscando oferecer as condições mínimas necessárias para gerar as melhorias tão necessárias. Inicialmente fizemos um diagnóstico de toda a rede municipal de educação em seus muitos aspectos através do PAAR-Plano de Ação Articulada (existe um documento na secretaria disponível para consultas). Fizemos também algumas correções nas práticas de algumas disciplinas, tais como, música, educação física, informática, e outras. Melhoramos a merenda escolar e o transporte de alunos. No final do ano entregamos um Plano de Cargos e Salários aos profissionais da educação com melhoria salarial e incentivo à formação superior e especialização. Estas ações, juntamente com uma formação continuada dos professores, prevista nas ações do MEC, poderão produzir uma melhoria na educação oferecida aos nossos estudantes.

 

6- Considerações finais.

Resposta:

Quero parabenizar o jornal por levar aos cidadãos algumas opiniões dos vereadores, tornando conhecida algumas de suas idéias e criando um espaço para discussão de temas que interessam à municipalidade. Também, aproveito a oportunidade para me colocar à disposição para ouvir as idéias e os anseios de todos, pessoalmente na Câmara ou por meio do seguinte e-mail : [email protected] . Obrigado.

NOTA DA REDAÇÃO

Eis aqui outra nota de redação. Esta é a nota que gostamos de fazer. Nossas linhas, hoje, são de agradecimentos e de uma importante observação: é possível falar de política deixando de lado as paixões e o nocivo radicalismo com pessoas e imprensa.

Assim como os vereadores José Benedito e Adilson Mello, o vereador Paulo Vitor aproveitou a oportunidade dada pelo jornal Argumento para mostrar um pouco de suas idéias, falar de seu trabalho e se posicionar do lado da ética quando confrontada com a imunidade do vereador (resposta à pergunta de nº 04).

Finalizamos esta nota de redação agradecendo novamente os vereadores acima citados por terem pensado a cidade e respeitado a inteligência dos leitores.

Que assim seja com os próximos.

 

 


Voltar